segunda-feira, junho 30, 2008

A Fistful of Dollars



Finalmente consegui apanhar o primeiro filme da trilogia de Sergio Leone. Na Cinemateca claro. Infelizmente nunca tinha assistido a um filme em tão más condições. Ms pronto, velu a pena pelo ecrã grande! Uma ocasião imperdível.
Se bem me lembro este não foi o primeiro western-spaghetti, mas foi sem dúvida aquele que popularizou internacionalmente o género, e que estabeleceu o Clint Eastwood como figura principal no cinema. O verdadeiro e devido reconhecimento só viria muitos anos depois é claro, mas quem aprecia sabe que foi aqui que ele começou a ascenção.
Um filme violentíssimo para a época (hoje em dia, claro, a violência do filme é mínima claro), onde Leone estabelece uma série de características que entraram para a cultura popular do cinema. A começar na música (genial, de Morricone) e a acabar na figura mítica do Man With No Name composta principalmente por Eastwood, com todos os seus trejeitos e características que hoje já são quase um cliché. Mas em 1967 foi...revolucionário, digamos assim. O protótipo do filme cool. Daqueles que o Rodriguez e o Tarantino devem ver até à exaustão para mais tarde emular. :)
Obrigado ao Dreamaster Júnior e Sénior pela companhia, e troca de impressões.





.

Bilbao






.

domingo, junho 29, 2008

sábado, junho 28, 2008

Vitoria

Vitoria, capital do País Basco.




.

sexta-feira, junho 27, 2008

quinta-feira, junho 26, 2008

YEAH II

Provavelmente o melhor concerto, mesmo com todos os cortes vergonhosos que a organização obrigou (merda dos KISS!):



DE BABAR!!

BLIND GUARDIAN!




.

quarta-feira, junho 25, 2008

YEAH!

Sim, eu sei que muitos gozarão, mas estou-me nas tintas! Esta música é fenomenal. E que solo de guitarra! Um dos muitos pontos altos do Kobetasonik!






terça-feira, junho 24, 2008

( )

Return To Serenity

[Music: Peterson]
[Lyrics: Billy, James, Peterson]

I'm gonna take you
To a place far from here
No one will see us
Watch the pain as it disappears
No time for anger
No time for despair
Won't you come with me
There's a room for us there
This innocent beauty
My words can't describe
This rebirth purity
Brings a sullen tear right to your eyes
No time for anger
No time for despair
Please let me take you
'cause I'm already there

I'm so alone
My head's my home
I'll return to serenity

Rhyme without reason is why children cry
They see through the system
That's breeding them just so they die
So please let me take you
And I'll show you the truth
Inside my reality
We shared in youth

I'm so alone
My head's my home
And I feel
So alone
You know
At last
I'll return to serenity

Now that I've taken you
To a place far from here
I really must go back
Close your eyes and we'll disappear
Won't you come with me
Salvation we'll share
Inside of my head now
There's a room for us there




.

quinta-feira, junho 19, 2008

terça-feira, junho 17, 2008

Serenity - "Fallen Sanctuary"

Trailer for the new album "Fallen Sanctuary"! Release on August 29th in Europe/September 9th in USA & Canada!

.

segunda-feira, junho 16, 2008

RM2






.

RM1



.